quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Hoje a fé me abandonou

Nunca fui uma pessoa de muita fé. Não segui os passos da minha mãe nesse quesito. Minha solidão ajudou a potencializar isso. Quando se fica sozinha por muito tempo - não digo sozinha em relação de ter um amor - mas no sentido mais amplo que esta palavra pode significar, você passa a se conhecer mais a si mesma e, assim, passa a acreditar menos nas pessoas. Creio que tenha ultrapassado a barreira de querer/poder acreditar em mais alguma coisa que não seja em mim mesma.
Esse texto está um pouco sem sentido, com um ar revoltado. Mas é assim que venho me sentindo ao longo dos meses. Espero que seja apenas uma má fase de começo de ano que tem hora pra ir embora. 



Cansei de procurar

O pouco que sobrou
Eu tinha algum amor
Eu era bem melhor
Mas tudo deu um nó
E a vida se perdeu
Se existe Deus em agonia
Manda essa cavalaria
Que hoje a fé
Me abandonou


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013