domingo, 29 de julho de 2012

Eita julho

Há dois dias do mês de julho ir embora, precisava fazer algumas considerações:

Julho foi, junto com janeiro, o mês em que me senti mais triste e desanimada;
Julho foi o mês em que mais me senti mais deslocada, e sentimental;
Julho foi o mês em que  mais bebi;
Julho foi o mês em que mais me senti feia;
Julho foi o mês em que menos saí;
Julho foi o mês em que me senti mais insatisfeita;



Adeus mês cocozento. 

sábado, 21 de julho de 2012

Querido amigo

Há sete anos trocava cartas com uma amiga, era legal demais. Ela não morava muito longe, mas não nos víamos com tanta frequência, as correspondências ajudava a nos manter por perto. Eram cerca de três cartas por mês, contávamos os fatos mais marcantes da nossa rotina de adolescente "rebelde", e jurávamos amizade eterna.  Pois bem, por razões da circunstância fomos perdendo o contado e faz pelo menos, um ano que não nos falamos. Às vezes pego as cartas para ler e sinto muita falta daquele tempo.
Semana passada, um amigo me propôs que nos comunicássemos -também- por carta. Achei a ideia de retomar essa experiência ótima. Afinal, é sempre válido deixar registrado fatos que podemos resgatar tempos depois. Assim como a outra amiga, este também não mora longe. Foi então que, no começo dessa semana, recebi a primeira correspondência e que aliás, já respondi. Estou ansiosa para ver como será o  andamento dessa história...

Continua...

domingo, 15 de julho de 2012

Tim-tim

Dia 13 de julho não é só comemorado o dia mundial do rock, mas também é o aniversário do meu blog. Um ano que o Cheia de Graça está no ar. Um ano que deixei a preguiça de lado e resolvi agrupar as minhas ideias. Um ano que encho o saco de vocês com minhas experiências e opiniões. 
Entre outras coisas, o Cheia de Graça me ajuda a aliviar tensões e consegue deixar os problemas menores. Ele também me faz perceber o quanto a vida é boa e quantos momentos incríveis já presencie. Nesses 365 dias  tive muito o que escrever. Hoje, um ano depois, percebi que foi mais proveitoso escrever nesse espaço, do que fazer análise. (!)
Enfim, quero agradecer à vocês que acompanham meus posts. Muito obrigada e que venha mais um ano!

Um brinde!

PS: esse post está dois dias atrasados por conta da vida corrida. 


domingo, 8 de julho de 2012

Dançando

Em tempos que me sinto mais sozinha do que nunca, é melhor seguir o conselho do Camelo: "Pega a solidão e dança."

quinta-feira, 5 de julho de 2012

O dia 04 de julho de 2012


Um amor que não se explica. Esse é o sentimento nutrido pelo Sport Clube Corinthians Paulista há 23 anos. Por que ser corinthiana não é questão de escolha, é sorte! Não é torcer para um time, é viver de um  time. Ser corinthiana é estar junto na alegria e na tristeza, na vitória e na derrota, é não se abalar com o que os rivais dizem. Ser cornthiana é empurrar o time, jogar junto, chorar, gritar. É acreditar sempre!
Ser corinthiana é esperar uma vida inteira para, enfim, soltar o grito de CAMPEÃO DA LIBERTADORES DA AMÉRICA. Sim, o dia 04 de julho de 2012 ficará guardado na memória e no coração. Quando tiver meus netos irei contar pra eles: "Sabe o primeiro título da Libertadores do Corinthians? Eu presenciei!" Com certeza as lágrimas rolarão, assim como está acontecendo enquanto escrevo esse texto. Obrigado Corinthians, tenho orgulho de fazer parte dessa nação. <3